quinta-feira, março 15, 2007

Opinião no Semanário O Mirante




No dia 3 de Março estive no cinema S. Jorge para ver a Joana Amendoeira. Já não entrava naquela sala há uns bons 15 ou 20 anos. Valeu a pena lá ter entrado para assistir a um belo momento de fado. A cantora está mais madura. A voz ganhou consistência. A maneira como valoriza os poemas tornando-os totalmente compreensíveis é fantástica. Na senda do que faz Carlos do Carmo, por exemplo. Os músicos que a acompanham estão soltos e criativos. Muito interessantes os diálogos entre o baixo do Paulo Paz e a viola de Pedro Pinhal. A ideia de convidar a fadista Maria da Nazaré e o guitarrista Jorge Fontes para duas participações foi didáctica. Ficámos a saber como se pode inovar sem deturpar.


Rui Ricardo



Publicado na última edição, 14 de Março de 2007, do semanário ribatejano O Mirante.

Sem comentários: