segunda-feira, julho 07, 2008

Rumo a Norte: Amarante!



Queridos amigos,
na sequência destes últimos tempos, tão intensos e especiais, rumamos a Norte, à bela cidade de Amarante...
com o coração repleto de emoção para partilhar com todos aqueles que se quiserem juntar a nós, na noite de Terça-Feira, 8 de Julho, pelas 22 horas,
no Largo de São Gonçalo,
com o lindíssimo cenário da fachada do Convento de São Vicente*, de um lado e o leito do Rio Tâmega, do outro!
Até Terça!!
Beijinhos!!
*Errata: Convento de São Gonçalo!
Nuno, muito obrigada pelo seu reparo! Durante a tarde realmente apercebi-me do meu erro! Fica então esclarecido!

1 comentário:

Nuno disse...

Um reparo: O Convento é de S. Gonçalo e não de S. Vicente.

"Na cidade pode dizer-se que o edifício que sobressai é o Mosteiro de S. Gonçalo, cuja Igreja é visita indispensável para qualquer peregrino ou turista. Mas, a verdade é que o Centro Histórico reúne um conjunto notável de edifícios e monumentos, de que se destacam as Igrejas de S. Pedro e S. Domingos, o Solar dos Magalhães e a Casa da Cerca.

O Mosteiro de S. Gonçalo foi edificado no local onde, primitivamente, existiu a capela daquele santo. Em 1343 já a igreja dita de S. Gonçalo era um pequeno santuário medieval e local de juramento.

A construção do actual Convento, deliberada por D. João III e D. Catarina, iniciou-se em Maio de 1543, tendo o lançamento da primeira pedra sido feito por Frei João Lederma. O primeiro arquitecto responsável pela obra foi Julião Romero, que abandonou o Convento em 1558. A Construção do Mosteiro de S. Gonçalo prolongou-se por 80 anos, atravessando vários reinados, e tendo ficado concluído apenas em 1558. É monumento nacional desde 16 de Junho de 1910." in www.cm-amarante.pt